OUTPLACEMENT: O QUE É E POR QUE SUA EMPRESA DEVE INVESTIR NISSO?

Se você está no mercado há algum tempo já deve ter vivido ao menos um dos lados dessa moeda: ou já foi demitido ou já demitiu alguém. No caso de gestores e profissionais de RH, é possível que tenha passado pelas duas situações. Justamente por saber o quão delicada pode ser essa situação, é preciso tomar alguns cuidados para resguardar tanto a empresa quanto o colaborador em questão. Uma das técnicas utilizadas por organizações que prezam por um processo de demissão mais humanizado é o Outplacement.


Usando essa técnica dá para passar por isso respeitando todos os envolvidos e ainda auxiliar o profissional a encontrar novos rumos para sua carreira. Neste artigo, vamos nos aprofundar nessa estratégia que chegou ao Brasil nos anos 80 e continua cada vez mais atual. Siga conosco!

OUTPLACEMENT, O QUE É?

O Outplacement é um processo que pode ser adotado por empresas para diminuir os impactos de uma demissão na carreira de um profissional. A solução parte desde o planejamento de possíveis saídas de colaboradores até sua recolocação no mundo do trabalho.
O Outplacement apoia o colaborador e o prepara para enxergar sua carreira de forma bem mais ampla, preparando-o não só para buscar novas oportunidades, mas colocando-o em contato com novas ideias, pessoas e possibilidades. Abaixo explicamos um pouco mais deste processo!

OS BENEFÍCIOS PARA O COLABORADOR

O Outplacement é um processo criado para acolher o colaborador em um momento complicado de sua carreira. Ao receber diversas dicas, aconselhamento e treinamento para a recolocação, o profissional não estará enfrentando esse período sozinho. Assim, ele não sente tanto os efeitos psicológicos e econômicos provocados por uma dispensa.
Abaixo, falamos um pouco mais dos benefícios desse processo para as pessoas envolvidas.

PROCESSO DE DEMISSÃO HUMANIZADO

Com todo o suporte oferecido por um serviço de Outplacement, o profissional, apesar de ter sido dispensado pela organização, se sente acolhido e satisfeito com a forma como é tratado durante o procedimento de demissão. Consequentemente, ele poderá se tornar um propagador das qualidades da companhia no mercado de trabalho.
Além disso, essa prática é boa para os funcionários que continuam no quadro da empresa, já que mostra o interesse dos seus empregadores na carreira e na vida de cada um. Dessa forma, eles passam a se sentir mais seguros e motivados para desenvolver suas atividades com mais foco e engajamento, gerando melhores resultados.

PREPARAÇÃO PARA NOVAS OPORTUNIDADES

O Outplacement também oferece para o colaborador uma chance de:

  • repensar sua atuação profissional em busca de aspectos a serem melhorados; 
  • rever metas e objetivos e/ou traçar novos propósitos a serem alcançados;
  • conhecer com mais clareza seus talentos e qualidades;
  • identificar e melhorar pontos fracos;
  • desenvolver novas habilidades que ajudarão no seu crescimento profissional;
  • ampliar o seu networking;
  • encontrar um novo rumo para a carreira.
Com todas essas ações, o profissional estará muito mais preparado para aproveitar melhor novas oportunidades que forem surgindo na sua área de atuação ao longo da carreira.
É exatamente nesse momento que o processo de Outplacement faz tanta diferença na vida do profissional. Esse pertencimento mantém a confiança de quem precisa buscar alternativas para a carreira, algo essencial para o mundo do trabalho.